A preciosa força do agradecimento

A preciosa força do agradecimento:

Hoje acordei, com um olhar diferente, além das minhas perspectivas, Baruch H’shem! Estou reconhecendo a oportunidade ao invés do obstáculo, a generosidade ao invés da apatia, a percepção da luz no lugar da escuridão, o doce e puro amor ao invés do ódio, a beleza e encanto ao invés do caos, a bênçãos ao invés da falta. No dia de hoje, em especial quero dizer Todah (Obrigada) apenas. 

Simplesmente e diretamente. Gratidão desde o nascer do sol, pelas folhas que caem, por um propósito único, assim como toda a criação de D’us. Obrigada pelo o meu lar, pela água e pela comida. Pelos meus braços e pernas, na qual, é imprescindível e determinante no meu cumprimento das mitzvot, através de minhas ações. Os meus olhos, um portal com acessos direto, às janelas da minha alma. 

O meu coração, transborda pura emoções, com gratidão me preenchendo de forma especial e plena. Por cada respiração e inspiração que me concedeste, o milagre constante e diário, de mais um dia de estar por aqui. Pelo presente da companhia dos meus familiares. Pela a doce Torá e toda a infinidade de bênçãos que traz à minha vida. Por tudo isso e muito mais só tenho a agradecer.

Porque você agradece pelas as coisas da sua vida? H’shem criou o mundo para reinar, para ter uma moradia no mundo inferior, o nosso mundo! Onde, os seres tem livres arbítrios para seguir seus caminhos ou ignorá-los. Quando agradecemos à D’us, reconhecemos que tudo o que temos neste mundo não é apenas pelo o nosso esforço e capacidade, mas sim, porque nosso amoroso e querido Pai nos encaminhou para isso, ele nos ajudou e nos deu a sua benção. Ele fez, faz e fará por toda a eternidade. 

Nós temos de agradecer não somente à D’us, mas sim, à todas às pessoas, familiares, pessoas próximas ou distantes, que nos agradam ou que fazem algo por nós. Exercitar a palavra “Obrigado”, deve estar naturalmente em nossos lábios. Assim, nos levando a sentir e compreender o verdadeiro sabor e profundo poder, da palavra gratidão.

Quando uma pessoa se esforça e se acostuma à agradecer à D’us, esse pensamento, sentimento e ação se torna constante e positivo, atraindo consequentemente e positivamente essa condição. Além de ser um grande e precioso remédio para a pessoa ser mais bondosa. Por isso, agradecer à H’shem por nossos problemas e falhas é uma verdadeira indicação de emuná (Fé Judaica) e um trampolim para reza e aperfeiçoamento pessoal. Ele sempre quer que demos o primeiro passo, quando fazemos um grande esforço, Ele vem nos ajudar.

Assim como nos ensina o Rabino Eliahu Hasky, no Projeto Torah com Você: Devemos aprender a olhar a vida com amplitude, além dos 360°, com harmonia e consciência. Pois, reconhecer as mais incríveis bênçãos em nossas vidas, apenas uma vez por um dia, pausando, e olhando ao seu redor, admirando tudo que nos cerca e principalmente, buscando e lapidando a riqueza maior que se encontra dentro de nós. Shaná Tová Umetuká! Um ano bom e doce como o mel para toda a eternidade!

Se você quer saber mais sobre o Projeto Torah Com Você, sobre o estudo de Torah de forma agradável, dinâmica, com muita doçura e de acordo com a visão do Judaísmo puro, ortodoxo e 100% de fonte Kosher, acesse o canal do Rabino Eliahu Hasky:

 

O canal que mais cresce no Brasil

Se você deseja se aprofundar ainda mais em judaísmo e Torah, acompanhe agora mesmo o meu canal com mais de 500 vídeos.

Conheça meu canal

Um comentário

  1. Camila Beatriz

    Gratidão por mais esse lindo texto, do qual podemos todos os dias aprender e melhorar!! B’H’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça login na sua conta do Torah com você

Ao clicar em “Criar conta”, certifico que tenho 16 anos ou mais e aceito: Política de privacidade e receber novidades e promoções.